Programa Revista de Rádio #307 – 04/07/2019



Bloco 1:

Bloco 2:

307º programa: 04 de julho de 2019:

1- Abertura e destaques da semana: A aprovação em Comissão Especial da Câmara Federal do projeto de Reforma da Previdência é sem dúvida o assunto da semana.

2- Resenha: A Semana foi marcada pela aprovação em Comissão Especial da Câmara dos Deputados do projeto de Reforma da Previdência, que é terrivelmente perverso para com a classe trabalhadora, em especial os mais vulneráveis de nossa Sociedade. Se for aprovada e entrar em vigor quase a metade dos trabalhadores/as brasileiros não conseguirão se aposentar, pois eleva os valores e o tempo de contribuição, bem como a idade mínima para tal. Os movimentos sociais que lutam contra tal proposta criaram um slogan que a define bem: “Morrer trabalhando ou trabalhar até morrer”. Ainda há tempo para lutarmos contra a aprovação da Reforma da Previdência no Congresso Nacional, pois ainda falta ser aprovada no Plenário da Câmara em duas votações e então irá para o Senado, onde também passará por duas votações. Não podemos perder a esperança em derrotar tal iniciativa. As publicações do site Intersept continuam fazendo estragos na imagem do Judiciário e do Governo brasileiro: Moro foge do debate na Câmara dos Deputados e Bolsonaro é vaiado em estádio de futebol. Aqui no RS o governador Leite consegue aprovar na Assembleia Legislativa a possibilidade de vender Estatais, com o argumento de arrecadar milhões de reais. Nesta semana o inverno veio com tudo: temperaturas abaixo de zero muita geada e possibilidade de neve.

 3- Música: Hino do Grito dos Excluídos 2018.

4- Entrevista: Hoje vamos conversar com Daison Casanova que é Advogado e Consultor Previdenciário. Ele nasceu em Porto Alegre onde mora e trabalha até os dias de hoje. Na entrevista ele nos fala da Reforma da Previdência que tramita na Câmara Federal, que nesta semana foi aprovada em Comissão Especial, e de quanto ela é prejudicial aos mais vulneráveis da população brasileira.

5- Fotos da internet: Reforma da Previdência.