PGM #267: Entrevista com representante de cooperativa de assentados da Reforma Agrária em Hulha Negra



Bloco 1:

Bloco 2:

Destaques da Semana:

1- Abertura:

Fato político marcou esta semana: Os dois personagens principais desta eleição estão em locais inusitados para a Campanha: Lula na Cadeia em Curitiba e Bolso no hospital em São Paulo.

2- Resenha: No processo eleitoral brasileiro de 2018 temos um fato curioso: os dois principais personagens desta disputa estão em locais inusitados para a Campanha Eleitoral: Lula, como preso político em uma cela na Polícia Federal em Curitiba e Bolso em um hospital em São Paulo, vítima de um ataque a faca num ato de campanha em MG. Lula, que na Campanha é representado por Fernando Haddad, que desde que assumiu a candidatura tem crescido nas intenções de voto, vai para o segundo turno com chances de vitória. Já o outro, que ainda lidera nas pesquisas para primeiro turno, tem perdido pontos e em um segundo turno perde para quase todos os possíveis concorrentes. Faltando apenas uma semana para as eleições o quadro ainda está indefinido e muito instável.

3- Música: Utopia, com Zé Vicente.

4- Entrevista: Hoje vamos conversar com Emerson Capelesso que é formado em Administração de Cooperativas e trabalha há 16 anos com os Assentados da Reforma Agrária nos municípios de Hulha Negra, Candiota e Aceguá, na Região da Fronteira do RS. Ele tem 36 anos e nasceu em Itatiba do Sul no Noroeste Gaúcho, é casado e também é Assentado na Conquista da Fronteira em Hulha Negra. Na entrevista ele nos fala de sua vida, sua família, do MST, da Reforma Agrária com destaque para o trabalho em Cooperativas.