Seminário de Educação Ambiental aconteceu em Hulha Negra

25 de junho de 2019

Evento foi realizado em parceria entre o Instituto Cultural Padre Josimo e a UTE Pampa Sul

 

(Fonte: Texto e fotos: Simôni Costa / UTE Pampa Sul / Jornal Tribuna do Pampa)

Publicação original CLIQUE AQUI.

 

A comunidade do assentamento Conquista da Fronteira, no interior de Hulha Negra, esteve em festa na terça-feira (11), durante a realização de um seminário para integração das atividades desenvolvidas pelo Programa de Educação Ambiental para Agricultura Familiar desenvolvido pela UTE Pampa Sul em parceria com o Instituto Cultural Padre Josimo. O evento reuniu, aproximadamente, 250 pessoas, e contou com apresentações artísticas, mostra dos resultados obtidos no desenvolvimento do Programa, feira de produtos da agricultura familiar, atividades de troca-troca de sementes, brinquedos infláveis para as crianças e o lançamento de dois livros.

“Este é um dia de partilha e de confraternização pelo trabalho desenvolvido. Demonstramos que é possível conciliar a defesa do meio ambiente e da agroecologia com o desenvolvimento. São várias as atividades realizadas com as nossas comunidades que geram conhecimento, sabedoria e preservação do meio ambiente e que precisam ser compartilhadas e multiplicadas”, destacou o coordenador do Instituto Cultural Padre Josimo, Frei Sérgio Görgen.

Presente no evento, o Prefeito de Candiota, Adriano dos Santos, lembrou a importância dos assentamentos rurais de Candiota e Hulha Negra e, especialmente, sua contribuição para o desenvolvimento da base econômica dos municípios. O prefeito falou também dos benefícios que parcerias com a UTE Pampa Sul são capazes de promover para as comunidades. “A UTE Pampa Sul vem impactando nossa realidade social e econômica de forma muito positiva, com seu olhar atento e capaz de promover momentos tão significativos como este seminário”, ressaltou.

As atividades do seminário tiveram início com uma sensibilização sobre a importância do trabalho de recuperação de nascentes de água. Na oportunidade, alunos da escola Chico Mendes, que possui uma das 60 nascentes preservadas no Programa, realizaram uma encenação sobre a importância da recuperação e preservação de nascentes. “Os ganhos com o projeto para a recuperação e preservação da nossa nascente estão muito além da melhoria da qualidade da água que consumimos na escola. Eles representam um trabalho coletivo e que ensina nossos alunos a amar e a cuidar aquilo que é herança deles, ou seja, a natureza”, relatou a professora Cenira Hahn.

Na sequência, artistas nativistas consagrados, como Antônio Gringo e Odilon Ramos, se revezaram no palco com talentos locais para apresentações de músicas e declamações de poesias. No final da tarde, foi realizado o lançamento e a distribuição dos livros “Receitas caseiras – Plantas medicinais para a saúde humana”, de autoria do Frei Wilson Zanatta e que integra as atividades dos hortos medicinais desenvolvida pelo Programa de Educação Ambiental para Agricultura Familiar, e “Manual prático de Criação Animal” de autoria de Geonavi da Silva. No espaço reservado para a feira foram comercializados produtos da agricultura familiar, realizada a troca-troca de sementes e conversas sobre as atividades, experiências e os resultados obtidos no desenvolvimento do Programa.

 


(Fonte: Texto e fotos: Simôni Costa / UTE Pampa Sul / Jornal Tribuna do Pampa)

Publicação original CLIQUE AQUI.