Santa Maria Madalena

21 de julho de 2018
Autor
Frei Sérgio Görgen

No dia 22 de julho celebra-se no calendário de muitas Igrejas Cristãs o dia de Maria Madalena, reconhecida como Santa já nos primórdios do cristianismo e depois, por muito tempo, retirada e escondida das referências eclesiais.

A confusão proposital feita por teólogos e papas no período medieval expuseram Madalena ao imaginário popular como a prostituta arrependida. Este equívoco exegético e histórico tinha um objetivo: retirá-la como referencial e exemplo para a vida cristã visando rebaixar as mulheres em geral.

A figura histórica de Madalena ressurge hoje com muita força e o Papa Francisco devolveu-lhe o título de “Apóstola dos Apóstolos”, como era chamada no cristianismo primitivo, por ter sido a primeira a testemunhar a Ressurreição do Senhor e anuncia-la aos apóstolos.

O livro de Frei Luiz Mendes ofm, “Maria Madalena – Apóstola dos Apóstolos”, publicado pelo Instituto Cultural Padre Josimo resgata a história e a importância para o nosso tempo desta mulher corajosa que conviveu com Jesus Cristo e pode testemunhar que na relação com as mulheres, o Mestre  sempre muito a frente de seus discípulos, ontem e hoje.

* Frei Sérgio Antônio Görgen é frade franciscano e autor do livro “Em prece com os Evangelhos”.