Revista de Rádio Nº 392 - 18 de fevereiro de 2021



Bloco 1:

Bloco 2:

INSTITUTO CULTURAL PADRE JOSIMO 

PROGRAMA REVISTA DE RÁDIO

Produção e apresentação: Frei João Osmar

392º programa: 18 de fevereiro de 2021:

1- Resenha: Hoje vamos conversar sobre um tema mais ligado às igrejas e ao Ecumenismo. Trata-se da Campanha da Fraternidade Ecumênica 2021, coordenada pelo Conselho Nacional de Igrejas Cristãs CONIC, a qual tem sofrido muitos ataques de grupos religiosos de extrema direita eclesial. Vejamos um pouco da história da Campanha da Fraternidade no Brasil que já se aproxima dos 60 anos de existência. Pois então, a Campanha da Fraternidade – CF teve sua primeira edição na Quaresma de 1962 na Diocese de Natal, RN, em 1963 04 dioceses da região aderiram à mesma e no ano seguinte 16 dioceses do Nordeste a realizaram. Já a partir de 1964 a CF passou a ser nacional sendo assumida pelo Plano de Pastoral da CNBB. Em 1970 a CF passou a receber uma Mensagem Especial do Papa em áudio e vídeo para o seu lançamento na Quarta-feira de Cinzas à noite em nível nacional, tradição que se mantém até os dias de hoje. Desde o ano 2000 a CF passou a ser Ecumênica de cinco em cinco anos, sendo a edição de 2021 a quinta Edição Ecumênica da CF. Nas últimas décadas a CF tem sempre escolhido temas de relevância social para serem tratados em seu Texto Base que serve de âncora para toda a produção de subsídios relativos à mesma. Neste ano o tema é: Fraternidade e Diálogo- Compromisso de Amor  e o lema: Cristo é a nossa Paz; do que era dividido, ele fez uma unidade (ef 2,14), assunto que continua gerando muitas polêmicas e debates, especialmente pelas Redes Sociais. Pois é, com o Lançamento Oficial na Quarta-feira de Cinzas e com a bela mensagem do Papa Francisco esperamos que os ânimos se acalmem e que a CFE 2021 atinja seus objetivos, isto é colaborar para a unidade dos cristãos e cristãs.

2- Entrevista: Hoje vamos ouvir o testemunho de Alex Barbosa de Parobé, RS. É professor de Música no município de Taquara, RS, foi formado pela UFRGS, Natural de Palmeira das Missões, hoje Jabuticaba, de onde migrou com a família ainda menino para o Vale do Paranhana, foi seminarista dos freis Capuchinhos do RS. É casado e muito ativo em sua Comunidade de Fé, foi regente de coral e logo passou a se envolver com as CEBs e a Pastoral da Juventude, época em que conheceu a Rede Celebra, onde atua até os dias de hoje. E é sobre esse seu engajamento com a Rede Celebra que centrará seu testemunho no nosso programa. Vai falar um pouco de sua vida, sua vocação Eclesial e ao Magistério, bem como sobre o seu enfrentamento da pandemia do Covid-19 e de como esse trabalho ajuda para que as pessoas e as famílias possam rezar bem em casa nestes tempos de isolamento. Fala da pandemia, dos desafios que nos esperam com o recrudescimento da mesma e dos cuidados que devemos ter para evitar a circulação do corona vírus, deixando no final uma mensagem de esperança.

3- Música: Hino da Campanha da Fraternidade Ecumênica 2021;

4- Foto da internet: Alex Barbosa – no alto à esquerda.