Revista de Rádio 371 - 24 de setembro de 2020



Bloco 1:

Bloco 2:

INSTITUTO CULTURAL PADRE JOSIMO 

PROGRAMA REVISTA DE RÁDIO

Produção e apresentação: Frei João Osmar

 371º programa: 24 de setembro de 2020:

1- Resenha: Hoje vamos destacar um assunto para relatar e comentar com nossos ouvintes: A crise ambiental e a chegada da primavera. Nós, enquanto habitantes do planeta terra, estamos enfrentando uma crise ambiental de proporções gigantescas causada majoritariamente pela ação predatória dos humanos, especialmente no último século, com o capitalismo selvagem. Uma das consequências desta devastação é a destruição da camada de ozônio que protege nosso planeta dos efeitos negativos dos raios ultravioletas do sol e seu correlato o efeito estufa, que aumenta a temperatura geral da terra. Este fenômeno provocado especialmente pela devastação das florestas e pela queima de combustíveis fósseis. Aqui no Brasil, em especial, estamos vivendo tempos sombrios – literalmente- com as queimadas criminosas na amazônia, no pantanal e no cerrado. O desastre ambiental é imensurável. A fumaça de tais queimadas tem fechado aeroportos, e provocado chuva com cinzas em São Paulo e região sul do Brasil. As consequências para os povos da floresta como indígenas e ribeirinhos são terríveis. E os danos ambientais como mortandade de animais silvestres e extinção de variedades da flora nativa são incalculáveis. Uma das poucas vozes no mundo que se levanta em defesa da natureza é a do Papa Francisco que, seguindo na linha de São Francisco de Assis, apela para a nossa corresponsabilidade no cuidado com a nossa “Casa Comum”. Para marcar a passagem dos sete anos de lançamento da Encíclica “Laudato Sí” do Papa Francisco o Movimento Global pelo Clima lançou o Programa “Revolução Laudato Si” que pretende ser um permanente chamado à conversão ecológica. Enquanto isso, nesta semana que passou celebramos o Dia da Árvore que acontece aqui no Brasil no início da Primavera. No entanto, em consequência da pandemia e das escolas fechadas pelo isolamento social consequente, quase não se falou no assunto. Ou nós, enquanto humanidade, tomemos consciência e partimos para a ação em defesa da nossa casa comum, ou morreremos em consequência da destruição que estamos provocando.

2- Entrevista: Hoje vamos  ouvir entrevista com Érico Marcelo Biscaia que nasceu em 1974 no interior do hoje município de Paraíso do Sul. Marcelo é casado com Sandra e tem um filho de 15 anos, o Érick. É agricultor, tem o ensino fundamental incompleto. Atualmente mora na cidade de Agudo, RS onde mantêm com sua família pequeno comércio. Ele é líder comunitário desde a juventude sempre participando da comunidade onde mora e atuando em âmbito maior como paróquias e movimentos de casais da Igreja. Na conversa ele nos explica como tem enfrentado a pandemia do corona vírus enquanto pessoa, família e comunidade. E, finalmente nos deixa uma mensagem de esperança e de encorajamento para enfrentarmos e superarmos estes tempos difíceis que estamos vivendo..

3- Música: Do Fundo da Grota com Érick e Marcelo;

4- Foto da internet: Érick e Marcelo.

Érick e Marcelo