PGM #220: Entrevista com Paulo Silva, Diretor da Rádio Comunitária da Lomba do Pinheiro



Bloco 1:

Bloco 2:

Temas da Semana:

Nesta semana recortada pelo feriado de Finados continua a epopeia do governo ilegítimo de Temer em revogar a Lei Áurea. Já demitiu uma ministra que questionou a Portaria e ameaçou outro pelo mesmo motivo. Há uma aliança com o agronegócio que tem uma bancada gigantesca no congresso para salvá-lo de todas a denúncias de que é alvo. Não é preciso ser especialista em política para entender o que está acontecendo. Basta assistir os telejornais da TV aberta e notar as negociatas que são feitas à luz do dia sem que sobrevenha aqueles comentários condenatórios dos “especialista” das TVs. Nem se vê pessoas de classe média batendo panelas nas janelas de apartamentos nem pessoas nas ruas com a camiseta da Seleção seguindo o pato amarelo da FIESP. Lamentável o que está em andamento no país. As caravanas do Lula pelo interior do Brasil reunindo multidões, bem como a marcha dos sem teto de São Paulo com milhares de pessoas lutando por moradia digna são sinais de esperança.

Entrevista de hoje:

Na entrevista de hoje vamos continuar a conversa com senhor Paulo Silva de 69 anos, natural de Viamão, RS mas que mora há muitos anos no Bairro Lomba do Pinheiro em Porto Alegre. Ele que se formou em Técnico de Enfermagem, profissão que exerceu até se aposentar. Sempre participou da vida da Comunidade nas associações de moradores, nos CTGs e nas rádios comunitárias. Hoje é o Diretor da Rádio Comunitária da Lomba do Pinheiro. Na entrevista de hoje ele nos fala mais sobre sua vida de comunicador, pois desde os tempos dos CTGs já assumia o papel de “peão das falas”, ou seja o porta voz da entidade.

Músicas: Picaço Velho, Letra, Música e interpretação de José Mendes.